E O Verbo Fez-se Veto

De acordo com o que acho certo e justo, mas contra as minhas expectativas… perante tanto spin colocado em movimento nas últimas semanas. E com uma fundamentação que acho meramente formal e inócua que é ultrapassável pelo governo.

Marcelo veta diploma do Governo sobre o tempo de serviço dos professores

Presidente da República diz que executivo está obrigado a voltar à mesa das negociações porque é isso que está consignado no Orçamento do Estado para 2019. Este é o 11.º veto de Marcelo e o terceiro a ser dirigido a um diploma do Governo. O gabinete de António Costa já lamentou a decisão.

Haveria uma solução… aproveitando que a ILC abriu novo “processo legislativo sobre o assunto, os partidos assumirem por inteiro as suas meias-acções, pois existe mais do que folga orçamental…

Claro que isto pode dar em nada… mas ao menos vai irritar costas, porfírios, césares, trigos e tantos outros.

Artificio

Anúncios

É Aproveitar

Uma editora cheia de livros interessantes para as “esquerdas” como cá não existe (a Tinta da China não é o mesmo, falta-lhe “massa crítica”), com gente a escrever depois de pensar e não apenas em piloto automático. Entre nós, assim, temos o André Freire (sim, sei que há muitos adeptos do BSS, mas eu não sou grande fã do relativismo só para algumas coisas) e pouco mais, porque muito do resto são os estudos pela malta do costume, após subsídio oficial, do instituto da “reitora”.

São promoções a sério. Sobre todos os livros, sem ser em cartão ou para gastar em nova encomenda. E o envio são apenas 6 libras, mesmo que mandem vir 10 ou 15.

Verso

(clicar na imagem para aceder…)

Saindo Do Meu Quintal

Um dos muitos erros dos últimos 15 anos de “racionalidade financeira” e de “combate aos privilégios” na Educação foi a forma como se cerceou de forma quase total os estímulos para que os professores saíssem da “cápsula” das escolas e das “formações” oficiais sempre com os mesmos, sobre o mesmo, rodando apenas os ciclos temáticos (agora estamos numa espécie de remake do período 1995-2002). Devem ensina os alunos a pesquisar e a ter actividades experimentais, mas os próprios professores não têm qualquer reconhecimento na sua carreira se investigarem, publicarem ou tentarem desenvolver trabalho na sua área disciplinar. As sabáticas morreram e as equiparações evaporaram.

Eu vou tentando arranjar intervalos entre os pingos da chuva ou os raios de sol para fazer qualquer coisa que não seja apenas mais do mesmo. São apenas 7 páginas (sobre o Afonso Costa) numa “História Concisa” com 1000, mas é algo que se faz com prazer redobrado, porque nos renova o gosto pela prática da História e não apenas pelo seu ensino.

IMG_0060