6-1

E agora? Para que lado irá pender a tribo-turba de especialistas em futebol? O Cristiano é um arrogante que desrespeitou o seleccionador ou o Fernando Santos é um tipo que deixou o seu melhor jogador no banco, como castigo, sem nenhuma necessidade? É que nos últimos dias, a coisa este epidérmica e, como é regra, muito pouco racional.

Exemplar

Os jogos do Japão e Coreia com Espanha e Portugal são bons exemplos do modo como uns lutam por conseguir o que parece muito difícil e outros, alcançado o objectivo imediato, se deixam ficar a ver. A nós, o golo do Éder fez acreditar que somos algo que só somos às vezes. Com dranquilidade, para quem se lembra, porque nós somos óptimos quando nos integramos nas culturas alheias.

45+3 Minutos De Um Imenso Frete

Anda um tipo à pressa para chegar a cas e ver um jogo de bola – já não peço um Espanha-Alemanha ou mesmo um Canadá-Croácia a outro nível – e leva com uma xaropada em que 23 criaturas (incluindo o Raphael que entrou) parecem estar ali imensamente entediados por terem de andar a correr e passar uma bola.

Embora seja o modelo de jogo preferido deste engenheiro sem aspas, um tipo dá quase uma hora de vida por desperdiçada. Será que na segunda parte entra a banda e eles (nos) acordam?

Embora Tivesse Gostado Mais De Ver O Harry Kane Com A Braçadeira Da Discórdia

E foi especialmente corajoso os iranianos ficarem em silêncio durante o hino.

Gostava que, no meio disto tudo, os portugueses não se armassem em oliveirasdafigueira na vida real. Já chega a romaria das nódoas do regime, com chancela parlamentar da aliança PS-PSD-PCP-Chega abstencionista.

England confirm players will take a knee at Qatar World Cup to make ‘strong statement’

Passou-se!

Se chegar aos oitavos já será obra, independentemente da qualidade dos jogadores. Mais do que isso, só se ele se enganar nas tácticas.

Mas acredito que o Costa-Mor deseja ardentemente que o povo consuma o seu ópio favorito durante todo o tempo que seja possível.

Fernando Santos: «Podemos ser campeões do Mundo e que é isto que esta equipa pode dar»

No Futebol São (Quase Sempre) 11 Contra 11…

… e com Portugal ganha (quase sempre) a Espanha.

Desculpem o interlúdio futebolísticos mas, eu que até costumo ver os jogos calado, estava há 15 minutos a dizer de forma parva para a televisão “mete o Palhinha que o Rubem Neves já não pode com uma gata pelo rabo”. E antes tinha intercalado com “mete o Rafael Leão, que ao menos corre…”.

Lá Teremos De Ir Dar Seis A Manchester

Seis abébias parecidas às cinco de cá, para eles não ficarem com a auto-estima em baixo. Isto é o que acontece quando se quer que a miudagem jogue com os crescidos. Sou do Sporting, mas tenho a noção das coisas. Por cá, em especial se for sem paixões e apitos dourados, ainda podemos dar luta, mas falta-nos comer muita sopinha para outras andanças.

Há Sempre Um Novo Nível De Vergonha

Neste caso foi no futebol português. Mais uma vez. E o seu protagonista principal teve o desplante de sair encenando ar compungido e lacrimoso. Quando conhecemos o seu perfil desde os tempos da PT e dos meandros dos esquemas socráticos para a comunicação social. Não há vassoura que leve esta malta de uma vez por todas do “palco”.