Freitas Do Amaral (1941-2019)

É-lhe devido o respeito por ser um dos fundadores do nosso sistema partidário e parlamentar pós-25 de Abril. Mas não me lembro de alguma vez ter uma causa comum, em que ele tenha sido protagonista. Em regra, estava do lado oposto. O chamado “percurso singular” é a designação que se atribui a quem deriva da direita para a esquerda, mas se poupa aos que fizeram o inverso. Só porque foram mais as zitas e os durões, o seu trajecto é menos singular? “Singular” só se for a sua tardia adesão a um Sócrates que ele tinha obrigação de saber topar à distância.

No momento da morte, crescem as hipocrisias. O costume.

freitas-do-amaral.jpg

Falha Minha, Agustina

Li muito pouca Agustina e acredito que tenha sido por preconceito, porque quase todos os que a exaltavam me pareciam incuravelmente pedantes e o fariam como contraponto a outros autores que seriam menos “tradicionais”. Depois de lhe escapar no Básico (A Sibila), espreitei a Fanny Owen e não fiquei abismado, porque já lera algo próximo do mesmo nos originais oitocentistas. Fui adiando, adiando, e parece que agora só restará a leitura póstuma.

agustina_bessa_luis_cp

(subitamente, toda a gente a parece ter lido… a sério?)