2ª Feira

Pela manhã, na Comercial, Nuno Santos anunciava o arranque da CNN Portugal e o desejo de representarem uma “mudança” no panorama informativo. Perguntado sobre quem seria o primeiro rosto a aparecer esta noite, respondeu que seria Judite de Sousa. Estamos falados.

Não Sei Se Repararam, Mas…

  1. O mundo não acabou desde as 6 da tarde.
  2. Muitos dos grandes críticos da existência parlamentar do PCP, andam agora a lamentar que se esteja a “suicidar”.
  3. A malta das notícias da TVI24 veio quase toda da SICN e do Expresso (alguns ainda lá andam).

Não é que os factos estejam relacionados, mas há uns meses que ando a reparar em certas “reconfigurações” na chamada “arena mediático-informativa”. Por acaso até nem desgosto daquele trio que aparece pelo meio-fim de tarde na TVI24 (como que dizendo, this is the tuga cnn), mas houve por ali umas mexidas estranhas.

A Ler

Um exemplo de cumplicidade indirecta, neste caso tendo em conta o interesse comercial do jornalista, na ocultação da verdade.

When Should Journalists Speak Up?

By now everyone must know that President Trump has been lying about the coronavirus for months, telling us it would magically disappear when he knew all along that it was a killer threat. Trump admitted this in phone conversations with Bob Woodward recorded in February and March, but only now–in September–have some of the tapes been released.

That Trump is unfit to serve as our President has been clear for an awfully long time. That most Republicans don’t care what he does is also painfully clear.

So let’s ask another question: Should Bob Woodward have released those tapes months ago. If he had done so, would that possibly have saved thousands and thousands of lives?

Sortido Rico

Ligações enviadas pelo Livresco. Comentários (em itálico) meus.

Diretores escolares satisfeitos com medidas do Governo. Professores também elogiam

(começo a ver muitas piruetas por aí… a darem o desdito por dito)

Alunos vão interagir com os professores “no limite por correio”, diz ministro da Educação

(um dia tens de ir a uma escola ver os montes de cartas devolvidas)

João Costa: “Não gosto nada que lhe chamem telescola, é um conceito completamente diferente”

(estou numa de Heidegger… o nome da coisa é o uso que fazemos dela… chamemos-lhe salsicha pedagógica, portanto…)

Uma saída para o ensino ou para os exames?

(pois… mas dizem que os outros é que são escravos da lógica dos exames… e agora? chamemos-lhe apenas “servidão”…)

Exames sem mexidas vão testar matérias do ano todo

Organismo público que desenvolve as provas ainda está a estudar como vai concretizar a solução apresentada pelo Governo para garantir a equidade: alunos vão poder escolher algumas questões a que não respondem.

(porque será que acho que isto vai dar asneira… e que se fosse o ano passado a solução seria outra?)

Os computadores privados dos professores. A benefício de inventário

Não lhes foi nunca fornecido telefones, tablets ou computadores de trabalho nem os custos associados são despesas de representação. E, porém, é com tudo isto que toda a gente tacitamente conta.

(o meu já começa a dar sinais de maior degenerescência do que o dono e nem é muito velhinho…)

(o problema é que o pelotão da frente estará sempre na frente enquanto se andar apenas com o carro vassoura a apanhar os atrasados em vez de lhes dar condições para terem bicicletas como as dos outros)

Governo vai investir no “acesso universal à rede e aos equipamentos” para todos os alunos

É “muito mais” do que um programa Magalhães 2.0, afirma o Primeiro Ministro António Costa, explicando que completa a viagem iniciada. Computadores e acesso à rede fazem parte das promessas, embora ainda não esteja claro como e quando.

(vai ser um trabalhão achar um novo nome… Camões 1.0? Gama V1?)

sentado

Formação Exclusiva Pás Elites

Chama-se a isto gestão assimétrica da (in)formação. E explica como se consolida o modelo feudo-vassálico de gestão escolar a partir do topo. A ideia é terem-se especialistas locais que depois “replicam” a formação. Em vez de se produzirem uns MOOC decentes e de frequência alargada.

Exº/ª Senhor/a Diretor/a de Escola/Agrupamento de Escolas

Exº/ª Senhor/a Presidente de CAP

Por solicitação da Direção-Geral da Educação, remete-se em anexo o documento “FORMAÇÃO PARA A DOCÊNCIA DIGITAL E EM REDE”, cujo prazo de manifestação de interesse na formação é o próximo dia 7 de abril.

Com os melhores cumprimentos,

Maria Manuela Pastor Faria

Diretora-Geral dos Estabelecimentos Escolares

DGEForma

Informação Sobre O COVID-19 Pela Europa (O Caso da Educação)

Irei acrescentando à medida que for fazendo a pesquisa. Mas comecemos pelo material da Organização Mundial de Saúde que explica a origem da doença.

 

Espanha

França:

 

 

Inglaterra:

Inglaterra

Irlanda:

 

 

Irlanda1