Parece Que Só Existiram Verbalizações Para “Acordozinhos”

Foi o que resumi das declarações do Mário Nogueira (e confirmei nos três canais), rodeado de várias figuras solenes, que incluem numa das imagens (RTP3) o joãobirras que passou pela minha escola.

A seguir, o Pestana não adiantou grande coisa, para além de confirmar que foram seis horas a falar em cima de zero documentos. Ou seja, talvez fossem apenas “opiniões”.

Pelo Blogue Da FFMS

Neste texto, o professor Paulo Guinote explica as razões para os protestos dos docentes que estão a trazer às ruas do país milhares de profissionais e a deixar outros tantos milhares de alunos sem aulas. E fala nas políticas públicas que conduziram à «pior crise de recursos humanos na Escola Pública nas últimas décadas».

(c) Marta Isabel Romano Teixeira

(por uma vez… diria que uns likes por lá poderiam ajudar a que percebessem que o assunto é sério…, embora nem eu tenha registo por lá, mesmo colaborando)

Pela Madeira

E não adianta vir o Observador dizer “verificar” que não foi o governo de António Costa a decretar isto, pois sabemos bem que o Governo Regional é bem mais das cores de quem suporta os observadores do que o costismo.

SECRETARIAS REGIONAIS DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA E DAS FINANÇAS

Despacho Conjunto n.o 9/2023

Sumário:
Fixa em 100% a percentagem de vagas para a progressão aos 5.o e 7.o escalões da carreira, dos docentes que reuniram os requisitos para progressão aos referidos escalões, no ano civil anterior.