Finalmente!

A deputada Joacine descobriu Odemira e decidiu apresentar uma resolução, ou seja, uma “iniciativa sem força de lei” que recomenda celeridade ao Governo na resolução da questão laboral. Parece que não viu nada, nadica mesmo, de racismo por ali. è desta massa forte que se faz a luta contra as discriminações.

2ª Feira – Dia 57

Hoje é o dia de regressar ao regime presencial, pois lecciono turmas do 5.º ano. O ano lectivo passado, quando se deu o regresso às escolas, foram as raparigas de casa (mãe e filha, ambas “secundárias”) a voltar, ficando eu em E@D. Vagas diferentes, critérios diferentes, pois ainda andamos a tactear muita coisa e a tomar medidas com dados trabalhados com duas semanas de atraso, o que não deixa de ser estranho na idade da informação veloz. Regresso hoje para 4 tempos lectivos e dois não lectivos, prevendo-se que seja testado apenas no próximo dia 8. Quanto à vacinação, nem me apetece voltar ao assunto, de tão tóxico que está.

Os Meus Álbuns (E Um Bónus)

Tem uma das minhas músicas favoritas de sempre (Here’s Where the Story Ends) e é uma das rodelas de vinil mais originais de sempre. Segue-se uma outra música pop perfeita, do álbum seguinte da Harriet Wheeler e amigos.

Ainda hoje, aquele solo de guitarra muito pós-new wave, pelos 3 minutos e meio, me arrepia.

Uma Curiosidade

Que desconhecia, mas que o colega RF me fez chegar.

Trata-se de “informação vinculativa”, constante no Portal das Finanças.

13. As prestações de serviços de explicador só podem beneficiar da isenção prevista na alínea 11) do artigo 9.º do CIVA se ministradas a título pessoal e se versarem sobre matérias do ensino escolar ou superior, integrado no
Sistema Nacional de Educação.

14. Assim, as lições de explicador ministradas à distância, através da internet, não reúnem os pressupostos para beneficiar da referida isenção, sendo tributadas à taxa normal do imposto (23%), prevista na alínea c) do n.º 1 do artigo 18.º do CIVA.

Arqueologia Da Transição Digital

É de 2001 e ainda está assustadoramente actual nos seus fundamentos mais básicos. Na altura, coordenava uma sala de Informática na escola onde estava e pedi uns quantos (eram gratuitos, assim como uns guias ilustrados de programas da Microsoft) e serviram-me uns tempos como uma espécie de manual quando dava Iniciação à Informática. Guardei um para arquivo. Deslizando a linha no centro vê-se capa e contra-capa.

Casos – 13

Vou continuar esta via sacra, protegendo sempre o anonimato das fontes, quando solicitado, assim como evitando identificações quando isso não tem confirmação “oficial”, porque já sei como estas coisas funcionam, quando partem para a intimidação judicial.

Informo que na Escola Secundária (…), em Lisboa, há, pelo menos, duas turmas com alunos infetados e que nenhum aluno ou professor das turmas afetadas foi testado ou colocado em isolamento, continuando todos a frequentar a escola, pois a delegada de saúde considerou que eram “contactos de baixo risco”, devido à utilização da máscara. Apenas tenho conhecimento dos casos nas turmas a que leciono, pois esta informação não é divulgada pela direção à comunidade educativa.