Mas???

Se não há praticamente risco nenhum na reabertura das aulas, como alguns andam por aí a “vender”, como se justifica que a partir de 15 de Setembro, exactamente por causa dessa reabertura, o país fique em “estado de contingência”? Porque já andam os do costume por aí a carpir-se caso as coisas não corram bem e tenham de levar os filhos para são Bento, para que o actual PM tome conta deles.

 

Petição – Concurso De Recrutamento E Mobilidade

No passado dia 24 de julho foi criada uma petição no sítio da Assembleia da República, em que é solicitado alteração ao Diploma que regulamenta o regime de recrutamento e mobilidade do pessoal docente dos ensinos básico e secundário e de formadores e técnicos especializados.

Vimos por este expor que discordamos do atual modelo de concurso, informamos que a petição já contabiliza mais de 4000 subscritores.

Juntamos em anexo um documento informativo.

Gratos pela atenção dispensada.

Com os melhores Cumprimentos

Ricardo Pereira

1ºSubscritor

Anexo: ComunicadoConcurso.

alerta

Serviços Mínimos

Nas duas últimas semanas já eram quase mínimos. Agora serão mesmo visitas esporádicas, em caso de algum assunto mais interessante (ou irritante). A ver se um tipo limpa as sinapses de tanta ganga de abusos e incompetências diversas. O que chateia mais é que, por cauda da pandemia, isto está mesmo muito cheio de portugueses por todos os lados e grande parte deles gosta de partilhar as suas opiniões com toda a gente ao redor e raramente se aproveitam duas frases.

PlayPause

O “Povão” É Tramado

E agora os inteligentes do costume que me expliquem isto. Porque não era este o eleitorado preferencial de Lula?

Bolsonaro com a melhor avaliação desde início do mandato. Mais vulneráveis contribuem para resultado

Não estou a ajuizar nada, apenas a constatar a evidência de que há quem vote em que dê forneça “pão e circo”. Ou vice-versa. Porque um sem o outro, não é bem a mesma coisa.

Na análise feita pelo jornal, é possível perceber ainda o peso que os mais vulneráveis tiveram na avaliação feita, uma vez que “dos cinco pontos de crescimento da taxa de avaliação positiva, pelo menos três vêm dos trabalhadores informais ou desempregados que têm renda familiar de até três salários mínimos, grupo alvo do auxílio emergencial pago pelo Governo desde Abril e que tem a sua última parcela programada para saque em Setembro”. Trata-se de um apoio no valor de 600 reais mensais (cerca de 94 euros), motivado pela pandemia de covid-19.

Mas não foi só a avaliação positiva que subiu. A avaliação negativa também desceu: nesta pesquisa, 34% consideram o Governo péssimo, quando na anterior esta percentagem se situava nos 44%. Já os que classificam o Governo de Bolsonaro como regular representam agora 27%; em Junho eram 23%.

Povao

 

Vetos De Bom Senso

Contra o fim dos debates semanais (se acham que são só para o espectáculo, façam deles outra coisa) e o aumento do número de assinaturas para as petições irem a debate (se estão fartos dos cidadãos, não digam depois que a sociedade civil não se mexe). Podem servir de pouco, mas sempre são um pequeno obstáculo ao encapsulamento de uma “elite” política de fraca qualidade e escassa crença na essência da Democracia.

profmartelo (1)