Olha A DGEstE A Dizer Que É Para “Agilizar”

Então o Portal não era a coisa mais ágil desde o filho do Pernalonga com o Bip-Bip?

Por forma a tornar mais ágil o processo de matrículas, informo V. Exa. que as renovações de matrícula (EPE, 2.º, 3.º, 4.º, 6.º, 8.º, 9.º, 11.º, 12.º) passam, a partir do dia de hoje, a processar-se de forma automática, nos mesmos termos em que acontecia no ano letivo transato, com exceção de transferências de estabelecimento.

Neste contexto, importa acautelar os seguintes aspetos:

  1. As escolas deverão assegurar-se que os Encarregados de Educação são informados pelo meio mais célere de que as renovações de matrícula passam, a partir do dia de hoje, a processar-se de forma automática, nos mesmos termos em que acontecia no ano letivo transato (esta informação será também disponibilizada através do Portal das Matrículas);
  2. Para os alunos cujos Encarregados de Educação tenham já procedido a submissão de renovação no Portal das Matrículas, não são necessárias mais diligências, uma vez que os AE/ENA já dispõem de toda a informação e o processo está completo;
  3. As escolas devem, nos termos do ponto 1 e no contexto da informação prestada aos Encarregados de Educação, definir forma e prazos para, oportunamente:

– recolher consentimento relativo à proteção de dados pessoais;

– apurar as opções relativas a AEC (1.º ciclo) e EMR, bem como às disciplinas anuais de opção de 12.º ano;

– identificar as necessidades de transporte escolar;

– recolher declaração da Segurança Social para efeitos de identificação da situação de beneficiário de ASE.

  1. Dado o atual contexto de pandemia, todos estes procedimentos devem ser realizados, preferencialmente, através de meios digitais, evitando-se, por esta via, a necessidade de deslocação à escola por parte dos Encarregados de Educação;
  2. Todos os anos de início de ciclo, bem como as transferências, têm obrigatoriamente de continuar a tramitar no Portal das Matrículas.

Com os melhores cumprimentos,

João Miguel dos Santos Gonçalves

Diretor-Geral dos Estabelecimentos Escolares

Clown

O Meu Apelo Aos Pais Portugueses

Se em Setembro os pais forem parte do problema, em vez de parte da solução, teremos outro ano catastrófico, e o direito à educação só estará realmente assegurado por aqueles que tiverem dinheiro para o pagar.

bullshit-detector

(ainda não percebi bem se o JMT faz certos textos mesmo só para provocar reacções e subir as polémicas… aquela parte final sobre “a perda progressiva de um sentido profundo de dever cívico” merecia prosa específica e umas belas bengaladas retóricas em que anda a assobiar para o lado acerca das consequências do desconfinamento…)

(cá em casa fui o único a não voltar porque sou “básico”, a aluna “secundária” e a professora “secundária” voltaram… eu até preferia que fosse ao contrário, não por “um sentido profundo de dever cívico” mas por razões de defesa da sua saúde e bem.estar…)

(como se percebe… abomino a sério lições sobre “um sentido profundo de dever cívico” quando se trata de mandar os outros para as trincheiras para se poder ficar a escrever, descansado, em casa…)

E Depois Querem Certas Criaturas Que O Subsídio De Férias Seja Pago Em Certificados De Aforro?

O buraco do Fundo de Resolução vai em mais de 7 mil milhões de euros. Já sei que dizem que não é tudo dinheiro público. Tá beeeemmmmm. A malta acredita por piedade.

Entretanto, jovens génios da economia para totós (os mesmos que defendem a retoma da economia, mas não se percebe se apenas com o consumo dos mexias) sugerem que o subsídio de férias seja pago em certificados de aforro. Estes gajos que, só por acaso, vivem na órbita da câmara do Carreiras (ou da Misericórdia, quando lá está gente simpática) para sobreviver (como em tempos era o caso do marialva moitadedeus com a sua muito privada empresa) sobre a banca só sabem escrever loas ou justificações mais ou menos invertebradas para os lucros de instituições que estariam falidas na maioria sem o dinheiro do Estado.

Não é uma questão de esquerda/direita, mas mais do domínio da falta de decoro. E eu estou farto destes palhaços “ricos”.

Alcatrao2

Dúvida Jacobina

Porque será que tantos representantes, moderadamente jovens, de uma certa “Direita” que afirma valores como a Família acima de quase tudo, parecem tão incomodados quando têm de a suportar 24/7 durante umas semanas de confinamento?

Quem ler os lamentos de pessoal como o Henrique Raposo até pode pensar que ele é um desgraçadinho, sem meios para trabalhar em casa ou em lay off de uma qualquer empresa de venda a retalho, em vez de ser um “rabo sentado” bem instalado no sistema da avença mediática. Está a falar em nome da “sua” geração e não a nível pessoal?

Sim, claro… é mesmo isso.

Em especial quando diz que esta forma de ser pai não é feita em liberdade, nem como escolha. Mas ele, durante o acto sagrado da procriação, estava a pensar nas horas em que o fruto da sua semente iria ficar todos os dias úteis na creche ou escola?

malandro

Diz A Senhora Que Disse Que As Máscaras Não Adiantavam Nada, Muito Pelo Contrário?

E que ficou chateada porque a filha teve de ficar os netos (dela, Graça Freitas) em casa?

DGS diz que não há motivos para pais impedirem filhos de irem à escola

Voltar às aulas “com toda a confiança”, desde que todos mantenham esforços para usar barreiras físicas e desde que se cumpra o distanciamento social: é a mensagem que Graça Freitas faz questão de deixar.

coice-da-jumenta

Tão Amigos Que Eles Eram

O ministro da Educação poderá ser dos que continuam no governo. Um dos principais objetivos é fácil de perceber: concluir o seu trabalho sujo contra os professores.

Dupla TiagoMário

(pelos vistos, vais comer e calar… mesmo que esbracejes e protestes, passe o paradoxo… até porque vais ter de fazer esquecer que colaboraste dois anos e meio, mais uns meses no final, com esse trabalho…)

Eu Sei Que A Citação Tem Um Contexto, Mas Confesso Que O Manuel Alegre Já Teve Momentos Melhores E Parece Mesmo Desmemoriado Do Tempo Em Que Foi Ele A Armar-se Em “Professor [Da] Esquerda” E Em Que Lhe Repugnaria Qualquer Centeno

Manuel Alegre voltou esta segunda-feira à noite a um comício do PS em Coimbra, no mesmo pavilhão onde discursou pela primeira vez num comício do seu partido, “há mais de 40 anos”. E assumiu o papel de histórico socialista e “uma das maiores figuras do Portugal democrático” (como foi apresentado pelo líder distrital do PS) para defender a “geringonça”, mas também para deixar um aviso aos parceiros do PS nestes quatro anos: “Não há solução governativa de esquerda sem o PS e muito menos contra o PS. Não há esquerda em Portugal sem o PS ou contra o PS”. Em suma: “Fizemos a geringonça e não temos de ter vergonha dela. (…) Não nos arrependemos, mas também não precisamos de professores de esquerda”.

conversa_da_treta_zeze_tony1

Sábado

Lido mal com a condescendência e paternalismo da parte de pessoas a quem não reconheço autoridade pessoal ou ética para assim agirem. O que se aplica a alguém como o actual PM que pode até ser um génio político mas é alguém que considero intelectualmente desonesto. E rala-me pouco que gente estimável prefira isso – porque é de “esquerda” – a outro tipo de perfil de governante. Ou que adiram de forma ovina à disciplina partidária. Como é que um gajo que se ameaçou demitir caso o Parlamento – sede da legitimidade democrática por via da representação eleitoral – aprovasse uma lei que lhe desagradava é capaz de se armar em oásis da estabilidade? E escapar com isso e ainda fazer capa de revista?

Que me desculpem lá os cortesãos e outros apêndices a salivar por mais quatro anos de ajustes directos e decretos e despachos a pedido, mas o essencial não difere muito de certas irrevogabilidades do paulinho das feiras…

Frade

Um Presidente Baralhado

Está preocupado que a greve dos motoristas beneficie o PS nas legislativas? A sério, eu pensava que a forma como tem protegido o governo e boicotado toda e qualquer oposição, funcionando como cómoda e inútil almofada de lamentações, é que se tornou a maior garantia de António Costa. Agora é tarde para sacudir a água do capote.

Bigorna

Qual A Utilidade Para A Sociedade De Um “Assessor de Comunicação”?

O Telmo Bértolo descobriu uma destas criaturas (neste caso um mero megafone do poder autárquico, daquele que já municipalizou a Educação, pelo que se percebe o “ambiente”) a perorar as baboserias habituais sobre os professores.

Quem acha que os docentes são uns privilegiados ?

village-idiot_mug