Um Diário Da 1ª Vaga

De 11 de Março a 18 de Maio, um retrato em directo do que se estava a passar, sem a vantagem da pós-produção. É uma centena de páginas de fácil digestão. Tem partes datadas, mas muitas outras continuam estranhamente actuais. Ficou pronto logo no Verão, mas a pandemia atrasou o nascimento físico.

Sai esta semana e podem comprar sem receio de contribuírem para o meu enriquecimento material (apenas para o espiritual), pois já recebi o que tinha a receber, independentemente de ser ou não uma besta das vendas. E a pouco mais de 3 euros é um registo que fica do primeiro fecho das escolas (termina com o regresso do Secundário).

E não… aquela não é a minha varanda, nem sou eu em pontas. Salvo seja.

Ontem, Na RTP3

A partir dos 11 minutos da gravação. Lamento se o tom não foi o mais “positivo” e se insisti muito nas promessas não cumpridas por parte de quem tem o dever de não se desresponsabilizar sempre os tempos ficam mais agrestes. Como não levo guião ou cartilha pré-definida, tendo a responder ao que me perguntam, em vez de descarregar a cassete (ou o mp3).

Se podia ter dito outras coisas? Podia. Mas também podia ter fingido que não andamos a fingir.

Escrito A 8 de Janeiro

Não adianta escrever nova prosa, a auto-citação neste caso justifica-se.

A dias do primeiro confinamento escrevi que “sem as escolas a funcionar, o país entra em colapso”. O problema é que, desta vez, é muito possível que tenhamos de fechar tardiamente as escolas, por já estar o país em colapso.

Público Online, 8 de Janeiro

O ‘360’ De Ontem

Está aqui.

Houve algum tempo para falar, mas é impossível, em 10-15 minutos de tempo útil por participante falar de tudo de forma desenvolvida. Em especial, quando não se vai com cassete e se tenta falar/responder ao que é questionado em vez de despejar chavões. Do que ficou por “picar” só gostaria de destacar a parte em que Nuno Crato sublinha que entre 2006 e 2015 se terão desenvolvido políticas que levaram à melhoria dos resultados dos alunos portugueses (a tal obsessão pelo PISA). Duas notas:

  • Os progressos são anteriores a 2006 e os de 2009 já foram analisados, com bastante reserva, em estudos sobre a amostra usada.
  • Em 2007, 2009 ou mesmo 2011, Nuno Crato não se declarava adepto das políticas desenvolvidas pelos governos de então. Eu lembro-me.

Eu, Aluno À Distância, Em Tempos De Pandemia – 3

Confesso que nestes tempos de permanência em casa, sem necessidade de muitas horas de sono, acabei por guardar algum tempo para testar o ensino remoto, mas para gente crescida e vai de meter o nariz em algumas das principais plataformas (em língua inglesa) para fazer cursos online, em especialidade na modalidade de MOOC assíncronos. Espreitei a Coursera,  a Future Learn, a edX e, mais recentemente a Open University britânica, um dos poisos principais de algum eduquês tolerável. Ficam por explorar a Udacity (oferta menos atractiva para mim), a Udemy (muito vasta, mas talvez nem sempre das instituições mais atractivas) e a Canvas Network (talvez menos conhecida, mas muito interessante). E vai de, uma hora pela manhã e outra ao fim do dia, ir fazendo uma série de cursos por puro gozo pessoal, pois valem zero por cá, mesmo se pelo menos um é acreditado para professores por lá.

O que aprendi, para além de “conteúdos”? Que esta é uma modalidade para quem goste de desenvolver aprendizagens de modo autónomo, ao seu ritmo e com auto-disciplina. Não é um modelo que funcione, mesmo em versão júnior, para a maioria da petizada, para além de um limite de tempo relativamente limitado..

Ficam aqui algumas certificações… tipo “new opportunities” para elevar a auto-estima.

 

 

No Pior Pano Caem As Nódoas

Anda um tipo a gozar com webinares e depois aceita participar não em uma, não em duas, mas em três. Devia ter juízo, mas há em mim algo de gato que gosta de espreitar nem sempre onde deve, acho que na esperança de um dia me escaldar a sério. Amanhã é com colegas se Sintra. Para a semana são mais duas, umas das quais com encarregados de educação de Mirandela, para a qual espero não ter gasto a inspiração toda no título (“PPP – Pai, Professor e Pandemia”).

E parece que vou ter de zoomar pela primeira vez. Alguma vez teria de ser. Mas garanto que não vou ao barbeiro e tenho o cabelo quase como um certo outro. Mas com tonsura em sinal de extrema santidade.

Bigorna

 

Eu, Aluno À Distância, Em Tempos De Pandemia – 2

Já que um tipo está uma porrada de tempo aqui agarrado ao equipamento… até em gestão emocional eu fiz formação 🙂 . O chato foi o curso que fiz sobre “Global Education” e ainda está a 90% de “progresso” porque as participações no “fórum” não foram ainda vistas pelo moderator, apesar de eu já ter respondido a tudo.