Um Presidente Baralhado

Está preocupado que a greve dos motoristas beneficie o PS nas legislativas? A sério, eu pensava que a forma como tem protegido o governo e boicotado toda e qualquer oposição, funcionando como cómoda e inútil almofada de lamentações, é que se tornou a maior garantia de António Costa. Agora é tarde para sacudir a água do capote.

Bigorna

19 thoughts on “Um Presidente Baralhado

  1. Muito baralhado. Até já há quem sugira que se trata de sintomatologia pré-senil.
    Temos uma tradição já centenária, e transversal a vários regimes, de senilidade presidenciável.

    Gostar

  2. Toda a vida disse uma coisa e o seu contrário para levar a água ao seu moínho.
    Isto tem um nome que eu não digo por respeito à função que desempenha.
    Agora, vai estar calado e, a seguir, vai dar um passeio de borla de camião para dizer qualquer coisa.

    Com os professores deu uma entrevista à TV para dizer que discordava completamente de contabilizar o tempo de serviço dos “melhores professores do mundo” e depois entrou em silêncio para não interferir.
    Isto tem um nome que eu não digo por respeito à função que desempenha.

    Gostar

  3. Senil !
    Um fartote de Marcelo.
    Arma em menino a dar mergulhos na praia com bandeira encarnada e logo volta a aparecer passado pouco tempo a inteirar-se de qualquer ínfimo problema a centenas de Km.
    Fartote !!!!

    Gostar

  4. Senil? – Não creio. Julgo que, tão só igual a si próprio e como todos os outros, as jogadas são para os votos e para o agrado de clientelas maçónicas:político/partidárias/ económico e financeiras.
    São todos povo…são todos pela defesa dos interesses dos cidadãos…são todos pela necessidade de garantir ao povo o acesso a bens e serviços essenciais…

    Mas que MERDA É ESTA???- SÓ SE LEMBRAM DO POVO QUANDO HÁ GREVES???

    NO RESTO DO ANO QUE SE LIXE O POVO:

    – 6 horas numa urgência hospitalar; 2 anos para uma consulta de urologia; 3 anos para uma oftalmológica ???…

    – 10 ou mais anos para uma decisão judicial???
    – Aumento dos custos para quem precisa recorrer à justiça???

    – Esquadras de polícia com computadores obsoletos, sem tinteiros e/ou papel; sem carros e sem agentes disponíveis???

    – Escolas que continuam com amianto enriquecido com o tempo, com computadores velhos e lentos, sem redes minimamente capazes, quando a impressora fuciona não há papel, quando há papel não há agrados, quando há agrados não há agrafadores;…, sem dinheiro para reporem, de imediato, vidros partidos ou repararem um WC; com salas de aula a 8ºC no inverno e 28ºC no verão; sem recursos humanos ( professores, técnicos especializados, auxiliares da acção educativa, pessoal administrativo, …, sem qualquer preocupação com os crescentes problemas de saúde mental nomeadamente ao nível das crianças e jovens,…),…

    – Renovação de documentos… – que se aguente o povão,

    – Segurança Social, IMT, Finanças e afins – leve banquinho, tire a senha, sai-lhe o 183(apesar de ter chegado cedinho) e aguente…que há sempre o dia seguinte…

    – Estadas esburacadas, faça rally defensivo e reze para não cair em qualquer buraco… aguente que na altura de eleições tratam-se dos buracos/ “buracões e buraquinhos”, dos jardins e áreas verdes, da pintura das passadeiras para peões,..

    – combustíveis caros… com anunciada emergência energética toca de encher depósitos/ armazenar em depósito variados e… pois…encher os cofrinhos do governo – Centeno agradece pois há mais bancos ( na nossa sólida banca 😉) a precisar de mais uns milhõezitos do estado)…

    – Electricidade ( julgava eu que um bem essencial) e telecomunicações das mais caras da Europa para um povão com rendimentos do trabalho dos mais baixos da Europa,..

    – Impostos para tudo e mais qualquer coisa… A quem deveriam eles servir??? – Aos cidadãos, certo! A quem, efectivamente, servem? – a uma corja que, a todo o custo, põe cidadãos contra cidadãos para mais facilmente os precarizar e roubar direitos constitucionais – os patrõezinhos de chinelo e os “neo-pretensosliberaizinhos” (sem 2 dedos de testa) que mamam do estado já anda tudo assanhado com as “necessidades” de rever essa coisa obstaculizante à exploração máxima do direito à greve…

    – Perde 3 ou mais horas nas suas deslocações de trabalho; espera mais de 30′ pela porcaria do autocarro que já deveria ter passado há 15′, entra e todos os seus poros se sentem apalpados, tem náuseas com o cheiro a transpiração e bafos de quem não tem dinheiro para ir ao dentista e já está em stress pois tem outro que já não vai apanhar a tempo,… aguente…que o dinheiro dos seus impostos é para “consolidar” uma banca sempre em falência protegida… afinal, o estado não é o seu pai… só é pai da banca, do patronato, dos amigalhaços e de muitas negociatas…

    – precisa ir ao médico -falta! O médico prescreve uns exames – que nunca se conseguem realizar de imediato…uma falta por cada exame que dificilmente consegue que sejam feitos no mesmo dia…depois tem que mostrar os exames, espera até ter o último e nova falta…
    A ADSE dá-se ao luxo de não comparticipar dois actos médicos dentários feitos no mesmo dia…e viva a produtividade no trabalho…
    A falta de organização, de apetrechamento, de diversas valências nos estabelecimentos médicos com capacidade de resposta minimanente adequada obriga-o a faltar e a culpa da falta de produtividade é sua?! Aguente!

    – … (exemplos do dia-a-dia dos portugueses não faltam) …

    – Já agora, CONSTITUCIONALMENTE, a COMPETÊNCIA de declarar estado de EMERGÊNCIA, pertence ao PRESIDENTE DA REPÚBLICA…
    – Que a estas manipulações do governo PS estejam os portugueses atentos e abram os olhos!!! E, que nas eleições, lhes saia o tiro pela culatra!!!

    – O que estão a fazer com os motoristas, com a completa manipulação da comunicação social já fizeram com os enfermeiros e com os professores – ilegalidades ( onde houve acórdão do tribunal da relação mas que foi silenciado e sem quaisquer consequências…

    **** Constituição da República -Artigo 138.º
    Das competências do Presidente da Republica
    (Declaração do estado de sítio ou do estado de emergência)

    1. A declaração do estado de sítio ou do estado de emergência depende de audição do Governo e de autorização da Assembleia da República ou, quando esta não estiver reunida nem for possível a sua reunião imediata, da respectiva Comissão Permanente.
    2. A declaração do estado de sítio ou do estado de emergência, quando autorizada pela Comissão Permanente da Assembleia da República, terá de ser confirmada pelo Plenário logo que seja possível reuni-lo.

    *** Lei n.º 44/86, de 30 de Setembro – REGIME DO ESTADO DE SÍTIO E DO ESTADO DE EMERGÊNCIA(versão actualizada):

    CAPÍTULO III – Da declaração
    Artigo 10.º – Competência
    1 – A declaração do estado de sítio ou do estado de emergência compete ao Presidente da República e depende da audição do Governo e da autorização da Assembleia da República ou, quando esta não estiver reunida nem for possível a sua reunião imediata, DA RESPETIVA COMISSÃO PERMANENTE.

    2 – Quando autorizada pela Comissão Permanente da Assembleia da República, a declaração do estado de sítio ou do estado de emergência terá de ser ratificada pelo Plenário logo que seja possível reuni-lo.
    3 – Nem a Assembleia da República nem a sua Comissão Permanente podem, respetivamente, autorizar e confirmar a autorização com emendas.

    Artigo 11.º – Forma
    A declaração do estado de sítio ou do estado de emergência REVESTE a forma de DECRETO do PRESIDENTE DA REPÚBLICA e carece da referenda do Governo.

    LÁ DIZIA O OUTRO QUE A LEI NÃO É PARA SER LIDA LITERALMENTE!

    Quando as intenções são meramente políticas…não há legalidade que resista… nem, ao que parece, ninguém preocupado com tal

    Já dizia Martin Luther King: “O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.

    Gostar

    1. J.F.
      Muitos parabéns pelo comentário ! Um relato fiel e verdadeiro do que vivemos e aguentamos .
      Tristíssimo mas é onde nos metemos ou nos meteram.
      Pior ? Será que mudará ? Acho improvável e muito difícil.

      Gostar

      1. Obrigada, Magalhães.
        “Pior?” – Há muito que deixei de acreditar que existe um qualquer limite para descer ainda mais…

        Se existe gente de bem, gente de bom senso, gente de justiça, gente de ética e hombridade, gente de honestidade e de boa fé entre pessoas de poder/ de influência/ de reconhecimento social ? Existirão, certamente. Mas estão calados e por tal coniventes com o que se passa.

        Isto só vai piorar…basta olhar as tais “elitezinhas” e “politiquinhos” que papagueiam o mesmo que os “politicões” que lhes dão as oportunidades (a estes últimos apenas interessam acéfalos, obedientes e servis) …
        O feudalismo é um regime sucessório que se foi disfarçando com o tempo. A isto serve bem a ignorância e a fácil manipulação…

        Isto… em França… levava a uma insurreição, que o respeito dos Franceses pelas liberdades nada tem a ver com o dos portugueses (“desde que não me toque a mim, não quero saber”)

        Gostar

      1. Obrigada, Livresco.
        Já com saudades daqueles link´s para as tramóias e porcarias que esta gentalha (a todos os níveis: local, regional e central) com grande “capacidade de inovadorismo/ empreendedorismo/ start ups/ formações/ planning and evaluation´s / fundações/ empowerment”/…, levam a cabo para sacar “milhõezitos” ao erário público.

        Nota: A utilização de estrangeirismos foi só para parecer ter mais finura e com um ar a modos que … a modos que… a modos que mais competente…

        Gostar

  5. Só um pequeno reparo. Não foi declarado qualquer “estado de emergência”. Foi apenas reconhecida a situação de crise energética. Há grandes diferenças entre as duas coisas a começar pelo enquadramento legal.

    Gostar

    1. https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/governo-vai-anunciar-hoje-estado-de-emergencia-energetica

      https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/governo-declara-situacao-de-emergencia-energetica-a-partir-das-23h59?ref=HP_Ultimas

      https://eco.sapo.pt/2019/08/07/governo-marca-conferencia-sobre-a-greve-dos-combustiveis-para-as-18h/

      https://www.dinheirovivo.pt/economia/governo-decreta-estado-de-emergencia-energetica-a-partir-de-hoje-2/

      https://www.idealista.pt/news/financas/economia/2019/08/08/40510-crise-energetica-governo-decreta-servicos-minimos-entre-50-e-75-para-greve-dos-motoristas

      As situações de crise…pois…a conversa depois mudou um pouco, são geridas de acordo com Planos (a diferentes escalas/ com diferentes amplitudes/ sectoriais ou globais/…) de emergência, planos de catástrofe, Autoridade nacional de protecção Civil,… o que não faltam são planos para situações de crise… e, ESTES NÃO SÃO DESENCADEADOS POR QUESTÕES LABORAIS…

      ISTO FOI , TÃO SÓ, POLÍTICO E DE PROTECÇÃO CLARA AO PATRONATO…
      …Que sector de actividade não funcionava por falta de energia??? – Nenhum!
      …Houve falhas energéticas em algumas industrias, comércio, serviços, decorrentes do pré-aviso de greve??? Não!
      … Houve problemas de abastecimento de combustível e filas para abastecer? Não! (Só, mesmo, depois da intervenção do governo!)
      … Tinham a certeza que a adesão à greve seria de 90 a 100%? … Obviamente que não!
      … O facto de ser por tempo indeterminado, sem terem qualquer previsão de participação na greve e sem ela se ter iniciado ??? – já houve greves a horas extraordinárias, em sectores do estado, por tempo indeterminado e qual foi a crise? – Nenhuma, que se lixem os cidadãos!

      Decreto-Lei n.º 114/2001- Estabelece as disposições aplicáveis à definição de crise energética, à sua declaração e às medidas de carácter excepcional a aplicar nessa situação
      (Curiosamente…numa possibilidade ALARGADA de actuações… foram meter-se, CLARAMENTE, com o direito à greve! – Fantástico!!!

      Em nenhum país europeu, pelo menos do centro e norte, isto aconteceria, sem mais!!! Por lá, também já as houve E EM NENHUM SE VIU NADA SEMELHANTE A ISTO!!!

      Gostar

  6. Ainda não perceberam que vivemos num país de reformados, com reformas de miséria, muitos revoltados, por terem trabalhado uma vida inteira, que acham que todos ganham mais do que eles. Estes reformados, muitos deles não faziam os descontos para ficarem com mais ao final do mês, agora estão contra todos aqueles que têm um salário um pouco melhor, ou que lutam por direitos roubados por políticos corruptos. Em portugal são cerca de 3 milhões de reformados, são eles que votam, o PS sabe disso, por isso os tenta manipular.
    Os jovens vivem agarrados aos telemóveis e computadores, às festas de verão e aos programas pimba, não se interessam por política, vivem o momento, não lutam nem reagem, estão acomodados ao seu bem estar. Cabe-nos a nós professores, professores de História em particular, puxar pelas memórias do passado, pelos feitos de outros povos que lutaram contra momentos como estes que vivemos actualmente. Os coletes amarelos são um exemplo de luta e revolta.
    Os camionistas vivem na pele o que viveram professores e enfermeiros, são denegridos, atacados e injustiçados. Os boys comprados, a imprensa controlada, não se esqueçam do irmão do Costa, o PS prepara-se para assaltar ainda mais o poder, muda as leis quando dá jeito, não cumpre as leis quando não agradam, é um verdadeiro ataque à democracia.
    Tudo isto já cheira mal, cheira muito mal!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.