Não

Há demasiadas pessoas a não perceber como se usa e o seu significado. Há quem ache que não pode ser sim, nas circunstâncias certas, mas isso é sim, nas circunstâncias certas e não um não. Um não e um mas, já agora, raramente se juntam com ganho.

Talvez

Auto-Gestão

Com governo a prazo, de gestão ou qualquer outro, gostaria de viver a experiência do Ministério da Educação deixar de legislar durante cerca de, pelo menos, seis meses. Ou ainda melhor, um ano. Nem sequer uma portaria ou despacho a aclarar fosse o que fosse, nem decreto a revogar qualquer dos imensos disparates em vigor.

Um vazio legislativo semestral ou anual que deixasse as escolas e o que resta do aparelho administrativo ministerial a tomar conta de si.

Nada de pseudo-implosões. Apenas uma saudável pausa legislativa para se comprovar como tudo correria melhor, com muito menos perturbação e sem nenhuns danos para os alunos, muito pelo contrário.

Isso sim, seria uma refundação governativa.

vazio