12 thoughts on “Que Comunidade? Que Padrões?

  1. Pois há Padrões de muitas outras Comunidades que querem que não te cales. E como sabemos que assim farás, está tudo dito. Daqui até às eleições vai ser um fartote!
    Já agora… sou um dos 53 portugueses que “não têm” redes sociais…

    1. Nas escolas a liberdade de expressão já acabou há 10 anos (com um modelo de gestão venezuelano).
      O BE e o PCP, que se arvoravam em paladinos da democracia, quando chegaram à esfera do poder calaram-se que nem ratos. Atendendo à ideologia deveríamos esperar outra coisa…?
      O PS criou o modelo, com a famigerada mlr, o PSD e o CDS sempre estiveram confortáveis com ele, nomeando e pagando bem aos comissários políticos.
      Já se esqueceram que os diretores tiveram um aumento, de quase 100%, quando os zecos tiveram cortes brutais, para além de deslocações e ajudas de custo controladas pelos próprios!!!!
      (Do ponto de vista da tutela, é investimento no comissariado político).
      O amordaçar dos professores seguiu na comunicação social tradicional, com jornalismo de sarjeta, continua agora nas “redes “. O que esperavam?
      Nota: com as vitórias, do MN, nos últimos anos, estamos perdidos.

  2. Só pode ser uma comunidade evangelizada com padrões distorcidos.

    Muito bem, Paulo!!
    É curioso como ainda hoje a palavra escrita num “simples” blogue tem tanto alcance e incomoda tanto.

    Tenho a certeza que a “comunidade” que apoia o Paulo é muito maior do que a “dita” e tem os padrões no sítio certo.

  3. Este país passou de um dia para o outro, a ser democrata. Encaixou bem a mudança mas nunca aprendeu as regras simples da democracia. Os princípios lá estão mas a atitude nunca foi devidamente incorporada. A falta de exigência e de cultura tem ajudado muito.

  4. Bom, Paulo! Publicidade gratuita! Há que espalhar a palavras dos homens honestos e verdadeiros. Incomodam, não é? A verdade incomoda.
    O meu comentário para essa gente? Tenham vegonha!

  5. Claramente, a censura só existia no tempo do “botas”. Agora temos todas as amplas liberdades, desde que sejam as correctas.

    Isto deprime-me um bocado… 😦

  6. Os impostos dos portugueses servem para pagar a uma legião de “denunciadores” profissionais, que, pela força do número, conseguem levar à censura de qualquer matéria no Facebook, Youtube ou Google, desde que desagrade ao Poder. É a democracia venezuelana do PS, PC e Bloco de Esquerda. O PS no tempo de Sócrates construiu uma rede de informações dignas do KGB. Eles sabem tudo o que toda a gente faz online e têm listas de alvos a abater. Lembram-se do livro “O Processo Sócrates”, proibido em Portugal em plena “democracia” xuxa? Ainda hoje o Google não dá resultados para essa busca. E o autor tem sido perseguido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.