A Máquina Em Movimento

Ia escrever um título mais ácido envolvendo metáforas sexuais e vaselina, mas consegui conter-me.

Sem nunca falar em concreto do PSD, do CDS ou do PCP, o líder do PAN, André Silva, criticou nesta quinta-feira as três forças que considera serem as “mais conservadoras e menos progressistas” do Parlamento e que têm estado “de costas voltadas” para as pessoas. Já o PAN, frisou, tem uma “mundivisão diferente dos partidos tradicionais” que continuam a fazer política de uma forma que “atrai cada vez menos pessoas”.

Vaselina

(o autor do blogue esclarece que não recebeu qualquer subsídio à publicação por parte da marca apresentada, ao contrário de outras coisas que andam por aí…)

8 thoughts on “A Máquina Em Movimento

  1. Muitas ideias defendidas por esta gente dão pura e simplesmente fascistas. Um dos perigos da pós-modernidade é , precisamente, a dispersão e a não memória, a recusa do positivismo e das evidências científicas! Em vez de qualquer creme aconselho leituras maciças do Michel Houellebecq que capta, como ninguém o espírito niilista da nossa decadência…
    PS: não nos esqueçamos, a não ser ”fake”, que uma meritíssima/0 Juiz/Juíza condenou, recentemente, um cidadão a 600 euros de multa por pontapé em canídeo (até aqui tudo bem, embora a coima me pareça pelo excesso) , o pior é que , segundo reza o Público, a Meritíssima estendeu a prerrogativa de ”dignidade humana”, segundo a Constituição da República, ao ofendido animal… Em breve , presumo eu, teremos o inverso: sentenças que alargam , pelo menos, a protecção animal aos professores que levam biqueiros no rabo, ou são atirados por escadas abaixo: coisas estas de somenos para o PAN, presumo…
    Tenho uma vontade muito grande em colocar o meu voto em forças extremamente reaccionárias, pois vejo, ou tenho essa impressão, que o fascismo circula na mão oposta!

  2. Estes gajos não existem. São os filhos da Abstenção e do Hondt e afilhados de uns gajos que lutam desesperadamente pela sobrevivência de uma espécie ameaçada: os partidos do arco da governação.

  3. “Se queres conhecer o vilão, põe-lhe um pau na mão”, como dizia a minha avó; ou seja, dá-lhe poder e verás a força do bicho.

    1. A questão que se coloca é esta: e é só o PAN? Não serão todos a mesma cagada (como dizia a minha tia Efigénia de Jesus)?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.