Da (Desprezada) Educação Musical No Ensino Público

Porque a retórica oficial é a do apreço nas Artes, a small talk nas visitas vipe é sempre fofinha, mas depois a prática hipócrita é esta:

[texto que suprimi porque não quero entalar ninguém, mas é pena que a coragem escasseie e o medo abunde]
Entretanto, na minha escola, tinha [sido] aceite a minha proposta de atribuir esse tempo à Música no 2º Ciclo, mas quando foi publicada a matriz, voltaram atrás com a decisão.
Em consequência disso, voltei a ficar com 8 turmas, 6 níveis – entre o 5º ao 12º (Curso Profissional), uma DT e duas tumas com Cidadania e Desenvolvimento (em regime semestral), num total superior a 150  alunos…
Isto não é ensinar, é encher chouriços… e preencher grelhas, MUUUUUUUITAS grelhas…
Violino

2 thoughts on “Da (Desprezada) Educação Musical No Ensino Público

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.